Make your own free website on Tripod.com

www.robledocosta.com.br

RODA VIVA
HOME
CURRÍCULO
PROJETO VIOLÊNCIA E TRAGÉDIA NO RJ (Destaque na Mídia)
PROJETO PUC MINAS (Educação, Meio Ambiente e Cidadania)
PROJETO GALERA DE ATITUDE (Programa da TVE-RS)
PROJETO HISTORIADOR POR UM DIA (Arquivo Público do RS)
PROJETO EU, PORTO ALEGRE (Usina do Gasômetro)
PROJETO MUSEU DA PESSOA (Toda Escola Tem História Para Contar)
PROJETO ÚLTIMOS DIAS DE SUPER-HERÓI (Fundação Vida Urgente)
CURTA-METRAGEM NA ESCOLA (Porta Curtas)
HISTÓRIA (Textos)
LITERATURA NA AULA (Poemas)
MÚSICAS (Sugestões de Estudo)
FILMES (Análise Histórica)
LINKS
GALERIA DE FOTOS
CONTATO

Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu. A gente estancou de repente, ou foi o mundo então que cresceu. A gente quer ter voz ativa, no nosso destino mandar. Mas eis que chega a roda-viva e carrega o destino pra lá

 

Roda mundo, roda-gigante. Roda-moinho, roda pião. O tempo rodou num instante nas voltas do meu coração

 

A gente vai contra a corrente até não poder resistir. Na volta do barco é que sente o quanto deixou de cumprir. Faz tempo que a gente cultiva a mais linda roseira que há. Mas eis que chega a roda-viva e carrega a roseira pra lá

 

A roda da saia, a mulata não quer mais rodar, não senhor. Não posso fazer serenata, a roda de samba acabou. A gente toma a iniciativa, viola na rua, a cantar. Mas eis que chega a roda-viva e carrega a viola pra lá

 

O samba, a viola, a roseira, um dia a fogueira queimou. Foi tudo ilusão passageira que a brisa primeira levou. No peito a saudade cativa, faz força pro tempo parar. Mas eis que chega a roda-viva e carrega a saudade pra lá

Ditadura Militar no Brasil (1964-1985)

www.robledocosta.com.br - Todos os direitos reservados.